O ano de 2016 foi quente em Portugal continental, onde a temperatura média do ar é cerca de 0.6ºC superior ao valor normal, revela um balanço preliminar divulgado esta sexta-feira (23/12) pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em janeiro e entre junho e outubro, a temperatura média registada atingiu mais de 1.0ºC do que o valor normal, sendo que, em dezembro, a estimativa aponta para cerca de 0.5ºC superior.

Março foi o único mês com uma temperatura média do ar inferior ao valor normal, de menos 1.43ºC. Os restantes meses – fevereiro, abril, maio e novembro – apresentaram uma temperatura média próxima dos indicadores normais.

A temperatura máxima, em 2016, foi cerca de 1.0ºC superior ao normal, o que o tornará no ano com o quarto ou o quinto valor mais alto desde 1931, depois de 1997 (+1.38ºC), 2015 (+1.35ºC) e 2011 (+1.21ºC).

Ler fonte
CategoryNews
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Se encontrar um erro, por favor contacte: webmaster