Depois de uma análise exaustiva, um grupo de cientistas chegou à conclusão que a ação cerebral nos momentos de êxtase religioso é muito semelhante à que se regista quando se consomem estupefacientes.

O cérebro humano reage da mesma maneira à religião, ao sexo, às drogas e ao vício do jogo. Essa é, pelo menos, a conclusão de um grupo de cientistas da Universidade de Utah, nos Estados Unidos da América. Depois de uma análise exaustiva, os investigadores concluíram que a ação cerebral nos momentos de êxtase religioso é muito semelhante à que se regista quando se consomem estupefacientes, quando se atinge o orgasmo ou ainda quando se faz batota.

Os especialistas não têm dúvidas. Ao ter experiências religiosas, o cérebro ativa as mesmas áreas que atividades como consumir drogas e ter relações sexuais estimulam. No seguimento da análise de imagens radiográficas de tomografia axial computarizada de mormons, os cientistas verificaram que, em termos neurológicos, as consequências do êxtase religioso não andam muito longe das proporcionadas por prazeres mais terrenos.

Ler fonte
CategoryNews

Se encontrar um erro, por favor contacte: webmaster