Investigadores indicam que experiências em roedores e humanos mostram que algumas tipologias de cogumelos contêm substâncias raras e exóticas que são boas para favorecer as conexões cerebrais e combater o envelhecimento dos neurónios.

De acordo com um novo estudo da Universidade de Malaya, em Kuala Lumpur, os fungos contêm substâncias químicas que previnem a inflamação dos neurónios e promovem o crescimento dos nervos cerebrais.

A investigação que se debruçou sobre onze tipos de cogumelos – alguns já usados para fins medicinais – descobriu que estes aumentam a massa cinzenta ao estimular a produção de um produto químico chamado fator de crescimento nervoso, uma pequena proteína de secreção interna, importante para o crescimento, manutenção e sobrevivência de determinados neurónios (células nervosas).

As descobertas publicadas no Journal of Medicinal Food sugerem que os cogumelos são um potencial “superalimento” que pode reduzir ou mesmo atrasar o desenvolvimento de patologias relacionadas com a demência, como a doença de Alzheimer.

Ler fonte
CategoryNews
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Se encontrar um erro, por favor contacte: webmaster