A agência alimentar oficial do Reino Unido lançou esta segunda-feira (23/01) um alerta para todos os britânicos que gostam de torradas queimadas ou de batatas demasiado cozidas, ao assegurar que ambos os alimentos podem provocar cancro.

Num aviso oficial, a Food Standards Agency (FSA, Agência de normas alimentares) assegura que a acrilamida, que se forma em alimentos com alto teor de amido, como as batatas, o pão ou as raízes vegetais quando cozidos a altas temperaturas (cerca de 120º), é potencialmente cancerígena.

Os hidratos de carbono e os aminoácidos reagem entre si a altas temperaturas e formam um composto de cor castanha, o tostado, que sabe bem para a maioria das pessoas e que é composto por acrilamida.

“Os testes no laboratório mostraram que a acrilamida na dieta causa cancro em animais. Embora as provas de estudos com humanos sobre o impacto da acrilamida na dieta sejam inconclusivas, os cientistas concordam que a acrilamida na comida pode causar cancro nos humanos e que seria prudente reduzir a sua exposição”, assegurou a FSA.

“Optem pela cor dourada” ao cozinhar, em vez do preto tostado, recomenda ainda a agência britânica.

“O que eu mais gosto é de comer uma torrada queimada e as partes mais carbonizadas das batatas assadas. Foi um prazer conhecê-los. Valeu a pena”, ironizou no Twitter o comediante Richard K. Herring.

Ler fonte
CategoryNews
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Se encontrar um erro, por favor contacte: webmaster