A Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR) denunciou hoje que um terço dos doentes reumáticos não são diagnosticados, porque a rede de referenciação hospitalar do Ministério da Saúde não está a funcionar adequadamente.

“Dos 5,9 milhões de portugueses com doença reumática, um terço, apesar de ter sintomas, não sabe que tem uma doença reumática” afirma a SPR em comunicado, apontando para o problema do subdiagnóstico.

Segundo a organização, continua a existir em Portugal uma falha na referenciação dos doentes reumáticos e na cobertura de reumatologia no país. Em resultado, “as pessoas acabam por não consultar nenhum médico especialista, apesar de terem queixas comuns como dores nas articulações”.

A SPR acrescenta ainda que, muitas vezes, os doentes voltam para casa sem diagnóstico ou com o diagnóstico incorreto, um problema considerado grave, tendo em conta o caráter evolutivo das doenças reumáticas que devem, por isso, ser diagnosticadas o mais precocemente possível.

Ler na fonte…
CategoryNews
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Se encontrar um erro, por favor contacte: webmaster