Análises Clínicas

“O sangue é a “estrela” do seu organismo: transporta nutrientes, eletrólitos, hormonas, calor e oxigénio por todo o sistema.”

Técnicas de Análises

Rute Carneiro

Rute Carneiro

Técnica de Análises

Eduarda Queirós

Eduarda Queirós

Técnica de Análises

Sandra Reis

Sandra Reis

Técnica de Análises

Exames

As Análises Clínicas são responsáveis pelo estudo de substâncias de forma a recolher elementos e criar diagnósticos a sobre o sistema do utente.

As análises clínicas consistem na recolha de amostras (sangue, urina, fezes, saliva, entre outras…,) para detetar ou medir alguns microorganismos ou substancias presentes no nosso sistema que possam estar a alterar o bom funcionamento do nosso corpo.

Monitorização de Fármacos
Toxicologia Clínica
Patologia Molecular
Absorção Atómica
HPLC
Citometria de Fluxo
Hematologia
Bioquímica
Microbiologia
Imunologia
Endocrinologia
Alergologia

Perguntas Frequentes

Sim, mas com moderação. O excesso de água pode interferir com os resultados de algumas análises

Não, nem precisa de ser a primeira evacuação. É preferível colher em casa, num frasco adequado, que o laboratório fornece.

A urina tipo II serve para avaliar o funcionamento do aparelho urinário. Deste modo, é aconselhável colher a primeira urina da manhã, pois é a que se encontra mais concentrada.

Contudo, há casos em que a pessoa não traz a primeira urina, mas convém que esta seja colhida depois de 4 horas sem urinar.

Não.
Também não precisa ser a primeira defecação do dia. Isso vale para todos os tipos de exame de fezes.
Detalhe: para a comodidade do cliente é melhor o material ser colhido em casa, num frasco apropriado, fornecido pelo laboratório.

Tanto o tabaco, que contém nicotina, como o álcool vão interferir com os resultados de várias análises. Deste modo, convém não fumar nas horas antecedentes à colheita ou ingerir qualquer bebida alcoólica dias anteriores aos da colheita.

O esforço físico interfere com algumas análises, como por exemplo, a glicemia. Portanto, convém não realizar nenhum esforço físico nesse dia, antes da colheita.

Não. Desde que os cuidados prévios (jejum, actividade física, por exemplo) sejam observados, quase todas as análises podem ser colhidas à tarde. Contudo, existem algumas análises (cortisol, ACTH, por exemplo) que variam durante o dia e precisam de ser colhidos a uma determinada hora.

Sim. Contudo existem alguns antibióticos e anti-inflamatórios que podem interferir. O ideal é avisar a técnica/enfermeira dos medicamentos que toma.

Sim, assim como qualquer medicamento que contenha ácido acetilsalicílico. São exemplos alguns anti-inflamatórios, analgésicos e antipiréticos. Estes medicamentos interferem nas análises da coagulação e da tiroide.

Sim, no entanto é melhor não realizar a análise da urina. No caso de serem análises hormonais, deve consultar o médico da melhor altura a realizar a colheita.

Não. O uso de laxantes pode alterar a amostra. Portanto o ideal é fazer a colheita sem forçar a recolha.

Close Menu